Novo canal de denúncias de problemas no sistema de saúde


Agora, você pode denunciar problemas estruturais no sistema de saúde de forma fácil e rápida. As denúncias chegam diretamente para as defensoras públicas que cuidam das causas coletivas da área de saúde no Rio de Janeiro.

Para denunciar, acesse: https://bit.ly/emdefesadasaude


Se você foi a uma unidade de saúde e notou algum problema estrutural como, por exemplo, falta de máscaras e equipamentos de proteção individual, superlotação, falta de leitos, falta de medicamentos, entre outros, envie agora sua denúncia para a Defensoria e colabore com informações para a luta pela saúde pública de qualidade para todas as pessoas. Se preferir, você pode denunciar anonimamente.


A iniciativa é fruto de uma parceria da Ouvidoria Geral com a Coordenação de Saúde e Tutela Coletiva da Defensoria, que têm acompanhado o drama da população do Estado do RJ. Todos os dias, são diversas denúncias que revelam o agravamento de uma crise que não começou com a pandemia do novo coronavírus. São demandas que se repetem em muitos lugares diferentes, em especial nas favelas e periferias. Por isso, este canal de denúncias ajudará a reunir dados semelhantes de vários locais sobre os problemas no sistema e, assim, a Defensoria poderá agir melhor em defesa do direito à saúde pública.


Espalhe esta mensagem nos seus grupos de WhatsApp e incentive que todas as pessoas enviem informações para a Defensoria: https://bit.ly/emdefesadasaude


#ContemComAOuvidoria

#OuvidoriaNaLuta

#OuvidoriaDefensoriaRJ


---

Se você tem dúvidas sobre a veracidade desta mensagem, é só conferir com a Defensoria. Ligue 129 e registre sua solicitação para a Ouvidoria para receber a confirmação oficial, ou entre em contato com a Ouvidoria pelas redes sociais:

Facebook >>> OuvidoriaDefensoriaRJ

Instagram >>> @ouvidoria.defensoria.rj

14 visualizações

Telefones (21) 3842-8323 / (21) 99315-0859 

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Endereço: Rua: Antônio David, 354 - Parque Lafaiete, Duque de Caxias

© 2002 - 2019 Associação Missão Resplandescer.